“Die Fremde” é a esperança alemã no Oscar

O drama Die Fremde foi o escolhido como representante alemão na disputa pelo Oscar de Melhor Filme Estrangeiro. Este é o filme de estréia da diretora Feo Aladag (foto), que ha quase 15 anos já atua em producoes alemãs e austriacas.

A decisão do júri levou em consideração a forma, ao mesmo tempo, sutil e dramática com a qual é tratada a história de uma mãe turco-alemã (Sibel Kekili, de Contra a parede) e sua determinação para conviver com dois sistemas de valores tão distintos. Após sofrer com a violência do marido, a jovem foge de sua família e vai para Berlin, embora tenha dificuldades para sobreviver na cidade.

Sobre o enredo, a diertora Feo Aladag deixa bem claras suas intenções:

“Meu objetivo sempre foi fazer um filme universal, que ultrapasse barreiras étnicas, culturais e linguísticas, que toque as pessoas”

Aladag está bastante confiante com seu trabalho e espera que ele também possa convencer a Academia, que no dia 25 de janeiro fará a escolha entre produções de mais de 60 países, dos quais apenas 5 concorrerão ao prêmio.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s