Sven Taddicken nasceu em Hamburg em 1974. De 1996 a 2002, estudou direção na Academia de Cinema Baden-Wuerttemberg. Já durante os seus estudos, recebeu alguns prêmios por curtas-metragens, como o Kurzfilmpreis no concurso nacional do Festival de Cinema de Dresden.  Seu primeiro longa-metragem foi Meu irmão, o vampiro, lançado em 2001, ainda durante seus estudos. Esse filme rendeu a Taddicken tanto o prêmio do público, no Fesival Max Ophüls como também o prêmio FIPRESCI no Festival de Cinema de Roterdã. No filme, um deficiente mental de 29 anos (interpretado por Roman Knižka) começa a descobrir a sua sexualidade.

Em 2002 ganhou o Prêmio Alemão de Curtas, com Einfach so bleiben. Em 2006 sai seu segundo longa, Emmas Glück (A alegria de Emma), baseado no romance de Claudia Schreiber, sobre a história de amor entre um doente terminal e uma criadora de porcos. Este filme recebeu vários prémios e foi um sucesso nos cinemas alemães. Desde 2004 Taddicken é membro da Academia Alemã de Cinema.

Imdb

Um comentário sobre “Sven Taddicken

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s