Soul Kitchen se apresenta como um filme sujo e regionalista, contando a história do grego Zinos (Adam Bousdoukos), um dono de restaurante em Hamburg à beira da falência, que tenta a todo custo salvar seu negócio com a ajuda do irmão Illias (Moritz Bleibtreu, de Partículas elementaresCorra Lola, corra), presidiário em liberdade condicional. Graças a um novo nome, Soul Kitchen, o local começa a recuperar seus frequentadores e Zinos volta a ver seu negócio caminhando bem. Mesmo assim, Zinos ainda tem de lidar com a saudade da namorada, que o deixou para viver na China. Então ele resolver largar tudo e ir atrás dela, deixando o restaurante nas mãos do irmão.

O filme é uma grande aposta de Fatih Akin. A maior prova disso foi o Prêmio Especial do Júri no 66º Festival de Cinema de Veneza, em setembro de 2009.  Akin ficou animado por ter conseguido agradar e arrancar sorrisos de italianos e demais presentes no evento. O filme é uma declaração de amor de Fatih à sua cidade, Hamburg, reproduzindo um microcosmo de um personagem sem muitos êxitos, numa batalha pela simples continuidade de sua rotina, tendo como contraponto a saudade que o acompanha a cada instante.

A trilha sonora, que em parte foi selecionada pelo elenco, reforça a atmosfera pretendida pelo diretor. O cenário escolhido é a própria Hamburg, sendo explorados bairros e tipos que fazem parte daquilo que Akin vê melhor representar o lugar de onde partiu para ganhar o mundo. Um gesto de retribuição que também não deixa de lado os pontos turísticos e belezas da cidade.

Após Contra a paredeDo outro lado, pelos quais recebeu vários prêmios internacionais, Fatih Akin começou a trabalhar com calma nesse novo projeto. “Eu tinha o sentimento de que devia esse filme à minha cidade.”, desabafa o diretor. Para ele, depois de ter investido seriamente em dramas profundos, chegou a hora de rir um pouco, além de recuperar uma figura a qual ele mesmo havia esquecido: o cômico Fatih Akin. Isso ficou claro nas entrevistas para a imprensa, nas quais ressaltou a importância do sorriso no cinema: “Sorrir parece ser tão inoportuno, e não apenas na Alemanha.”

Título original: Soul Kitchen

Ano: 2009

Diretor: Fatih Akin

Imdb

Leia: Entrevista com Fatih Akin | Filme de Fatih Akin surpreende Veneza

Trailer

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s